Pressão Arterial Normal

A pressão arterial é um dos problemas de saúde que afeta mais pessoas nos dias de hoje, principalmente porque a vida super atarefada e sem o descanso necessário levam a que esta se manifeste de uma forma muito mais clara. Esta doença é ainda considerada como um “monstro silencioso”, sendo muitas vezes igualada às cáries, que demoram imenso tempo para dar alguns sintomas para que a pessoa perceba o problema.

A pressão arterial consiste na força que o sangue passa pelos inúmeros vasos sanguíneos, bombeado pelo coração de forma a conseguir chegar a todas as partes do seu corpo. Esta é determinada consoante os batimentos cardíacos e as pausas feitas pelo músculo, por isso o seu valor é dado pela pressão arterial sistólica e pressão arterial diastólica.

Uma forma muito simples de perceber como a pressão arterial funciona é igualar o nosso corpo a uma casa, em que os nossos vasos sanguíneos é toda a canalização da mesma. Isto é, estes canos aguentam uma certa pressão da sua água a passar por eles, porém quando esta pressão diminui, a água não chega aos pontos mais elevados, e quando esta está demasiado elevada por mesmo rebentar com os canos, existir fugas ou mesmo dilatação dos canos, prejudicando assim toda a canalização existente. Assim, a canalização da casa são todos os seus vasos sanguíneos, e o seu sangue a água que passa nos mesmos, por isso é essencial que o seu sangue passe pelos vasos sanguíneos com uma pressão dentro dos limites ditos normais para que os seus vasos sanguíneos não fiquem danificados, ou culmine mesmo em outros problemas de saúde derivados disso.

Se por um lado a pressão alta pode trazer problemas bastante sérios para a sua saúde, a pressão baixa pode igualmente danificar o seu bem-estar e trazer-lhe imenso mau estar que vai estragar o seu dia-a-dia. É certo que a pessoa só sabe que está com os valores da pressão arterial diferentes do que é esperado quando sente alguns dos muitos sintomas possíveis, no entanto é imprescindível que estes encarem a precaução como um dos grandes fatores para não ter problemas no futuro.

Normalmente diz-se que os valores normais para manter a sua pressão arterial normal é os valores a rondar os 120/80mmHg, no entanto estes valores podem variar consoante o tipo de vida que cada um leva, pois se para uns alguns valores acima significa preocupação, para outros pode mesmo significar o bom funcionamento do organismo em geral, e do coração em particular.

Não existem manuais ou regras que deve seguir para manter a sua pressão arterial normal, existem no entanto alguns cuidados e dicas que deve seguir para que não tenha qualquer tipo de problema no futuro.

O primeiro passo para conseguir manter os seus valores dentro dos limites normais é manter um estilo de vida o mais saudável possível, isto é, fazer uma alimentação saudável e equilibrada (com todos os nutrientes e proteínas necessárias para o seu bom funcionamento), evitar o consumo de álcool e qualquer tipo de drogas (incluindo o consumo de tabaco) e ainda combinando tudo isso com a prática de exercício físico (sempre aconselhado por um especialista que vai indicar quais os melhores exercícios para o seu problema e para o seu organismo).

A pressão arterial alta ou baixa pode não se manifestar durante imenso tempo, como se vivesse dentro do seu organismo à espera do melhor momento para se mostrar ao mundo. O problema é que muitas vezes os sintomas são tão fortes e repentinos que surgem quando menos se espera. Em alguns casos pode causar mesmo desmaio ou perda de consciência, situações bastante complicadas para o caso de estar em casa sozinho, por exemplo. Por isso, a melhor forma de prevenir estas situações é medir a sua pressão arterial pelo menos 1 vez por mês, com ajuda do farmacêutico ou do seu médico de família.

This entry was posted in Pressão Arterial. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>